A revista Wired publicou em seu site a matéria sobre a coletiva de imprensa do procurador-geral dos EUA – William Barr. Ele afirmou que os dados que a China acumulou sobre cidadãos dos EUA impulsionarão suas atividades de inteligência por uma geração. O dano causado pelo roubo de dados pode levar décadas para os EUA desfazerem.

Security_equifax-171313676
Fonte: Wired.com

Os hackers da China combinam esforços de Big Data e Inteligência Artificial para tornar esses bancos de dados úteis, classificáveis ​​e estudáveis. Segundo William, esses dados têm valor econômico e esses roubos podem alimentar o desenvolvimento de ferramentas de Inteligência Artificial da China, bem como a criação de pacotes de inteligência direcionados.

Os roubos que o procurado-geral se refere são:

– OPM: Expôs os registros oficiais de 21 milhões de pessoas.

– Anthem: Entre outras informações, foram roubados dados de seguro de quase 80 milhões de pessoas.

– Equifax: O número da carteira de motorista de 10 milhões de pessoas foram roubados.

– Marriot: 5 mihões de números de passaporte foram acessados.

Esse volume de dados faz com que a China se torne o país com o banco de dados mais detalhado do que qualquer nação já possuía sobre um de seus adversários.

O que a inteligência dos Estados Unidos estão fazendo para combater o roubo de seus dados? Além de investir em Cyber Security, o governo dos EUA já está pensando em impedir e limitar sua exposição a ricos dados, como o da Equifax.

Pensando no futuro: o Pentágono recentemente pediu ao pessoal militar que parasse de usar kits de DNA em casa para fins de saúde e ancestralidade. O objetivo é evitar que dados genéticos imutáveis ​​e inalteráveis ​​possam ser acessados por terceiro.

Assustado, não é? Mas e você? O que tem feito para manter seus dados pessoais protegidos?

Link para a matéria da Wired: Clique aqui.

Vamos Analisar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s