Brent Dykes, em um artigo para a Forbes, afirma que à medida que os dados são disponibilizados para mais pessoas nas organizações, cresce a importância do Data Literacy (entendimento) e do Data Storytelling (comunicação).

Essas duas habilidades de dados são essenciais para democratizar os dados e extrair valor de seus investimentos em dados. No entanto, entre essas duas habilidades está outra habilidade crucial que não recebe tanta atenção: Data Curiosity (explorar).

É a curiosidade pelos dados que une essas duas áreas principais! Por um lado, sem um nível básico de conhecimento de dados, as pessoas não entenderão os dados o suficiente para serem curiosas com os números. Por outro lado, se as pessoas não puderem explorar os dados, elas não descobrirão informações que exigirão até mesmo uma boa narração dos dados.

960x0

Em vez de esperar que a curiosidade dos dados ocorra naturalmente, as organizações precisam cultivar as habilidades e o ambiente certo para que isso aconteça. Brent descreve como criar uma cultura de Data-Curiosity.

  1. Os funcionários devem ter conhecimento dos dados (Data Literacy): A falta de conhecimento de dados é o maior desafio que as organizações enfrentam atualmente. É difícil extrair valor das ferramentas de análise quando sua equipe não consegue ler, entender ou usar dados. Para resolver essa lacuna, o Gartner prevê que “até 2020, 80% das organizações iniciarão o desenvolvimento deliberado de competências no campo da alfabetização de dados”. A sua empresa faz parte dos 80%?
  1. Dados relevantes devem estar acessíveis a todos: Sem uma profundidade de detalhes adequada, o time pode ficar frustrado e abandonar o que estão procurando. É importante fornecer aos funcionários uma base sólida de dados específicos da função para aguçar sua curiosidade.
  1. Os dados disponíveis na empresa devem ser de boa qualidade e bem estruturados: “Nada abalará a confiança das mentes curiosas como dados ruins”, declara Brent em seu artigo. Se você deseja que as pessoas confiem nos números, eles precisam ser razoavelmente confiáveis.
  1. As ferramentas de análise devem ser fáceis de usar: É difícil navegar em grandes quantidades de dados se você oferecer apenas ferramentas de análise projetadas principalmente para analistas ou cientistas de dados. Quando a curva de aprendizado é muito íngreme, você perde pessoas genuinamente curiosas. Além disso, as empresas precisam de ferramentas que possam responder rapidamente às perguntas quando elas ocorrerem e alimentar uma curiosidade mais profunda.
  1. Os sistemas devem ser responsivos e flexíveis: As perguntas alimentam mais perguntas! Se o processo de obtenção de respostas demorar muito ou for muito desgastante, as pessoas perderão o interesse e a curiosidade diminuirá. Quanto mais funcionários tiverem o poder de obter respostas por conta própria e no momento em que precisarem delas, mais curiosos ficam.
  1. Os líderes devem mostrar o caminho: Quando mais a liderança mostrar interesse pelos números, mais a curiosidade dos dados irá se propagar por toda a organização.
  1. A curiosidade deve ser recompensada: A curiosidade dos dados deve ser comemorada sempre que a descoberta de um insight importante tiver um impacto significativo nos negócios. O professor da Kellogg, Tom O’toole, sugere que a curiosidade seja um critério para avançar. Ele defendeu que ela fosse avaliada como uma mentalidade de como os indivíduos “avançam nos negócios por novos caminhos, usando dados”.

Não dá para avançar com Data Storytelling e o Data Literacy sem permitir que seu time seja curioso, para isso precisa de uma mudança de mindset. Essa mudança precisa iniciar no board da empresa e atingir todos os níveis de hierarquia e setores. A curiosidade pelos dados não pode estar apenas nas mãos de cientistas de dados.

Vamos Analisar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s