Com certeza sua empresa segue um destes mantras na hora de se relacionar com o consumidor:

O cliente está sempre certo.
O cliente é rei.
O cliente vem em primeiro lugar.
Encontre uma necessidade e preencha-a.
Descubra o que eles querem e venda para eles.

Todas as opções acima são verdadeiras e boas – na medida do possível. A questão é que elas dão uma noção de simplicidade que na verdade não existe.

Lembre-se como Henry Ford gostava de dizer: “se perguntassem às pessoas o que elas queriam, elas teriam dito cavalos mais rápidos”.

Infelizmente seus clientes nunca irão falar qual a próxima grande novidade que você deve inventar. A frase do Ford é tão real como nunca.

Mas o bom da história é que agora nós temos os dados e ferramentas poderosas para nos ajudar nas análises. E é através de muita análise que empresas conseguem desenhar um produto de real valor para seus clientes e prever onde e quando será sua próxima compra.

E talvez uma frase atual que possa substituir a do Ford seja a que o Yuval Noah Hahari vem clamando: “Os algoritmos irão nos conhecer melhor do que nós mesmos”.

Vamos Analisar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s